fbpx

Tudo o que você precisa saber sobre Política de Qualidade

A política de qualidade representa o sistema de princípios que orientam as decisões da empresa. É uma competência de alta gestão que não pode ser negligenciada.

Política de qualidade
28/07/2022

Tudo o que você precisa saber sobre Política de Qualidade

Saiba o que é Política de Qualidade, para que serve e como implantá-la com sucesso

Qualidade é uma palavra bastante utilizada no mundo corporativo. Mas o que significa qualidade para a sua empresa? Essa pergunta deve ser respondida com clareza pela alta gestão da organização.

A política de qualidade reúne os princípios definidos para direcionar as decisões da empresa. Ou seja, é uma espécie de declaração formal do que significa compromisso de qualidade para a organização.

Por meio da política de qualidade, a alta direção da empresa tem as diretrizes para tomar decisões sobre contratação ou desligamento de contratos, estratégias para resultados e priorização de projetos, entre outras atribuições ligadas ao sistema de qualidade.

É importante que ela seja formalizada para que fique clara e haja um direcionamento vinculado aos valores e missão da empresa, sendo um guia de tomada de decisões para melhoria nos processos.

Neste artigo, vamos entender melhor sobre como implantar uma boa política de qualidade. Serão cinco maneiras de elaborá-la com segurança, de acordo com a ISO 9001.

 

1. Foco na satisfação do cliente

Os clientes devem sempre vir em primeiro lugar. Parece frase de efeito, porém é uma realidade que direciona uma empresa para uma boa política de qualidade.

Em qualquer tipo de empresa, a satisfação dos clientes é a base que ratifica a missão da empresa. Não há como vender “pães quentes e macios a toda hora” (missão) se ao menos parte dos clientes considerarem o pão borrachudo e frio. Simplista, porém real.

Portanto, utilizando o exemplo da padaria, a política de qualidade deverá prever o que for necessário para que o pão esteja sempre quente e macio em todo o período em que a empresa esteja aberta ao consumidor. Isso envolve as estratégias de produção, o treinamento e a satisfação dos colaboradores para que resultem no melhor produto, além da manutenção de equipamentos, ambiente favorável e tecnologias empregadas.

 

2. Valorização dos colaboradores

No mesmo caminho da satisfação do cliente está a valorização de todos os colaboradores da empresa. Afinal, são os funcionários e prestadores de serviço os responsáveis por garantir a qualidade na produção.

Por isso, a política de qualidade deve estimular o comprometimento, deixando claro o papel de cada colaborador e sua responsabilidade com os objetivos e estratégias da empresa. Valorizar as pessoas envolvidas faz parte de um sistema de gestão de qualidade inteligente.

 

3. Tecnologia, padronização e melhoria contínua

Uma organização de sucesso investe em tecnologia, busca melhorar constantemente e busca padronizar os seus produtos como resultados de uma boa gestão de qualidade.

Para satisfazer clientes e manter colaboradores engajados, é fundamental que a alta direção da empresa defina uma política que demonstre essas preocupações com clareza, buscando bases de inovação, simplificação de projetos por meio da tecnologia, padronização de processos e resultados, com foco na melhoria contínua em toda a cadeia organizacional.

 

4. Relacionamento com os fornecedores

Fornecedores são muito importantes para a estratégia do negócio e para os resultados. Manter um bom relacionamento com eles é fundamental, tanto quanto a qualidade do que eles produzem/oferecem, o que resultará na satisfação dos seus clientes.

Ruídos de comunicação e mau relacionamento com fornecedores podem atrapalhar contratos e projetos, prejudicar os prazos estabelecidos e mexer negativamente nos resultados planejados, entre outros problemas.

Esse relacionamento saudável com fornecedores deve estar claro na política de qualidade e ser do conhecimento de toda a organização, parceiros e clientes.

 

5. Preocupação com o ambiente externo

Não basta ter uma política de qualidade impecável para o ambiente interno da empresa se o mundo lá fora estiver em segundo plano. A preocupação com o ambiente externo é fundamental e estratégica, e a alta direção deve deixar clara essa importância.

Não basta apenas a preocupação com as pessoas e os outros negócios influenciados pela empresa. O mundo carece de atenção e cuidados, de medidas que privilegiem o coletivo, principalmente quando o assunto é meio ambiente.

Priorizar uma cadeia sustentável, que leve em conta o bem-estar e a subsistência das pessoas, qualidade do ar e da água, resíduos, entre outras iniciativas, é promover respeito e credibilidade.

 

Conclusão

As 5 formas de implementação de um sistema de gestão de qualidade estão de acordo com as premissas das ISO 9001, que oferecem ferramentas para superar gargalos de qualquer tipo de empresa.

Não é apenas uma sigla adotada ou jogada de marketing para satisfazer as exigências de clientes e parceiros. São propósitos que apoiam o direcionamento estratégico da empresa e garantem a qualidade em toda a gestão.

Gostou? Compartilhe nas redes sociais!