fbpx

Inventário Industrial: por que é tão importante e como utilizar?

inventario industrial
08/09/2020

Inventário Industrial: por que é tão importante e como utilizar?

Um bom gerenciamento de estoque é fundamental para que o ritmo de produção de uma empresa seja mantido em um nível saudável, sobretudo na indústria. Contudo, é natural que isso seja um desafio quando consideramos itens indiretos, como os da manutenção e da Segurança do Trabalho. Não é à toa que o inventário industrial é um aliado valioso para esses setores.

Criamos este post especial para explicar em detalhes tudo o que você precisa saber sobre o tema. Mostraremos a seguir o que é exatamente esse inventário, qual sua importância, o que ele deve conter e como é possível otimizá-lo no dia a dia da indústria. Confira!

O que é um inventário industrial?

Um inventário industrial nada mais é do que uma lista de controle na qual constam todos os itens armazenados no estoque. Seu objetivo, de modo mais amplo, é permitir que o gestor possa conferir se a empresa realmente possui tudo o que acredita possuir. Para isso, são adotadas algumas estratégias.

Podemos descrevê-las como sendo os objetivos específicos do inventário industrial: identificar e classificar cada material, por exemplo, além de determinar o valor de cada item. Em geral, a lista traz ainda algumas informações que podem ser úteis, como a data de validade, o lote, o custo de reposição etc.

Um dos motivos pelos quais é fundamental manter o inventário industrial atualizado e em pleno funcionamento é que sua ausência abre margem para prejuízos e falhas. Sem ele, a empresa pode ser surpreendida pela falta de um material necessário para a manutenção, por exemplo, o que gera atrasos na produção.

Além de evitar problemas, o inventário permite otimizar as atividades operacionais como um todo. As compras são feitas na hora certa, evitando gastos excessivos e também a falta de itens importantes para a infraestrutura predial como um todo (parte elétrica, hidráulica etc.).

Como otimizar o inventário industrial?

Toda organização deve ter um controle condizente com a sua realidade específica, já que as particularidades sempre existem. Ainda assim, algumas práticas bem simples podem ajudá-lo a otimizar o inventário da sua empresa. Confira quais são elas!

Entenda o motivo real do inventário

É importante ter uma noção muito clara do papel que o inventário industrial desempenha na sua empresa. Que tipos de materiais você armazena? Qual a infraestrutura necessária para o estoque? De que forma isso impacta a sua gestão de itens MRO? Que áreas precisam ter acesso às informações?

São perguntas que ajudam a guiar a elaboração do inventário, para que ele seja mais eficiente no seu contexto específico.

Saiba quando inventariar

O inventário industrial traz informações de diferentes tipos no que diz respeito ao tempo de consumo dos materiais. Os itens podem ser divididos em:

  • estoque rotativo — cujo consumo é diário, semanal, mensal etc.;
  • estoque periódico — cuja utilização é temporária, apenas para um cálculo momentâneo das contas da empresa, por exemplo;
  • estoque permanente — com o controle automatizado, engloba todos os itens que entram e saem.

Tendo isso em mente, é preciso definir em que momento o inventário deve ser feito. Afinal, será preciso conferir e cadastrar os objetos para que as informações estejam à disposição do gestor e das equipes que precisam delas.

O ideal é que isso seja realizado em um dia e horário com pouca movimentação no estoque, a fim de agilizar o processo e evitar falhas na contagem.

Dobre a contagem de produtos e identifique setores

Uma dupla checagem ajuda a garantir que não ocorram incongruências entre o que está registrado e o que é de fato armazenado. Em cada setor, ao menos dois funcionários devem fazer a contagem de maneira independente para que não haja falha humana no processo.

Além disso, o inventário deve trazer a identificação do setor do estoque para cada material. A depender do tamanho e da atividade da empresa, um mesmo produto pode estar cadastrado em dois setores, caso seja utilizado em atividades distintas.

Treine sua equipe

O inventário não será tão produtivo se sua equipe não souber lidar com ele. É crucial que todos os colaboradores autorizados a acessá-lo entendam como ele funciona e quais informações devem ser atualizadas quando um item entra ou sai. A entrada ou baixa do produto deve ser, se possível, automatizada.

Lembre-se também de prezar pela segurança! A disposição dos itens no estoque deve ser planejada e indicada no inventário, para que novos produtos sejam sempre realocados do mesmo modo. Essa é uma medida essencial para evitar acidentes na hora de pegar itens em prateleiras altas ou mesmo no manuseio de materiais que tragam algum risco inerente ao uso.

Por que é tão importante digitalizar o inventário?

Existem diferentes ferramentas para a gestão de materiais MRO e do estoque como um todo. Em tempos de Indústria 4.0, não há motivos para manter um sistema de inventário com baixo nível de automação, dado que as soluções digitais são acessíveis e fáceis de utilizar.

Após implementado, o software permite que seja feita uma gestão mais inteligente dos recursos. É possível, por exemplo, gerar relatórios de gastos para avaliar a possibilidade de reduzir custos com os materiais. Outro benefício é a otimização do processo de compra.

Com um fornecedor de qualidade, que atende você no prazo certo, o inventário passa a funcionar como um guia para a geração de novos pedidos. Dessa forma, você impede a redução dos níveis de materiais, mas também diminui os excessos, que custam caro para a empresa.

Por fim, vale destacar que uma gestão digital agiliza a elaboração e a atualização do inventário. No dia a dia da empresa, isso significa que a equipe terá mais tempo livre para lidar com atividades que exijam mais atenção, enquanto o controle de materiais se torna mais confiável, protegido contra falhas humanas.

Como você pode ver, trata-se de uma ferramenta que traz diversos benefícios para a empresa. Então, coloque essas dicas em prática e crie seu inventário industrial agora mesmo. Em pouco tempo, sua gestão de estoque se tornará muito mais eficiente!

Se gostou do post, aproveite para se inscrever gratuitamente em nossa newsletter e receber outros conteúdos valiosos como este!

Gostou? Compartilhe nas redes sociais!