fbpx

Gestão de fornecedores na cadeia de suprimentos: como implementar?

Gestão de fornecedores na cadeia de suprimentos
14/06/2021

Gestão de fornecedores na cadeia de suprimentos: como implementar?

Conquistar uma boa gestão de fornecedores na cadeia de suprimentos está entre as prioridades da indústria. No entanto, a tarefa nem sempre é simples e requer estratégias e ferramentas inteligentes.

Mesmo sendo um desafio, essa é uma meta que merece ser levada a sério. Afinal, o bom relacionamento e o alinhamento de todos os envolvidos com o processo produtivo geram inúmeros benefícios ao negócio.

Quer aprender mais sobre o assunto? Confira, a seguir, o que é a gestão de fornecedores, seus benefícios e como implementá-la!

O que é a gestão de fornecedores?

A gestão de fornecedores é o processo complexo que envolve diversas atividades, como a seleção e avaliação de fornecedores, a definição do parceiro ideal, a manutenção de um bom relacionamento e o controle dos contratos firmados.

Portanto, é fácil perceber que não se trata apenas de uma escolha de fornecedores para a indústria. Além do contato inicial e contratação das empresas, diversas ações são desenvolvidas para que essa relação seja duradoura, segura e vantajosa.

Quem faz a gestão de fornecedores?

Afinal, quem é o responsável por implementar e conduzir a gestão de fornecedores na cadeia de suprimentos de uma empresa? Como já dissemos, essa é uma missão importante para a indústria e precisa estar entre suas prioridades.

Nesse sentido, você precisa saber que, em geral, ela é de responsabilidade do setor de compras. Isso porque é a área que está em contato direto com os parceiros de negócio e tem melhores condições de monitorar os resultados alcançados.

Vale lembrar que, além de ficar atento à demanda e realizar a gestão do estoque, o setor lida com fornecedores de diferentes produtos. Entre eles, matérias-primas, suprimentos e itens indiretos, mas essenciais para a produção.

Como implementar a gestão de fornecedores na cadeia de suprimentos?

Partindo para a prática, é hora de aprender a implementar a gestão de fornecedores na cadeia de suprimentos. Para isso, é preciso adotar algumas estratégias, além de critérios precisos para a contratação dos parceiros.

Parece difícil, mas não se preocupe! Preparamos algumas dicas valiosas para ajudar você com essa tarefa. Acompanhe!

Organize seus processos internos

O primeiro passo para que tudo dê certo é organizar os processos internos da sua indústria. Afinal, é fundamental que eles estejam otimizados e funcionando dentro de um nível de qualidade e eficiência satisfatório.

Isso significa que o estoque precisa estar equilibrado, que os dados sobre consumo sejam atualizados e que os funcionários do setor de compras sejam capacitados, por exemplo.

Defina os objetivos de sua empresa

Nenhum negócio cresce sem metas. Operar sem objetivos é como navegar em mar aberto sem qualquer destino, aceitando que as ondas o levem para lugares que podem não ser interessantes, não é mesmo?

Sendo assim, no que se refere à gestão de fornecedores, é importante planejar e definir metas desafiadoras e passíveis de serem alcançadas. Ou seja, deixe claro o que se espera com as atividades que serão executadas.

Invista em bom relacionamento

A gestão de fornecedores só é eficiente quando a empresa cuida do relacionamento com seus parceiros. Para isso, o setor de compras deve entender que as negociações devem garantir que todos saiam ganhando.

Forçar o fornecedor a entregar produtos com preço abaixo do mercado ou em um prazo arriscado pode não ser boa estratégia. O ideal é se esforçar para que a relação seja pautada em transparência, ética e responsabilidade.

Acompanhe os custos

A conquista de uma gestão de fornecedores eficiente depende do acesso a dados estratégicos e atualizados. Portanto, é preciso acompanhar com frequência todos os custos e valores envolvidos.

Essa prática ajudará a escolher muito mais do que o menor preço, mas o fornecedor com o melhor custo-benefício. Afinal, a contratação deve levar em consideração diversos fatores, como qualidade dos produtos e cumprimento dos prazos de entrega.

Monitore e avalie seus fornecedores

Por fim, o monitoramento e avaliação é um dos processos mais relevantes da gestão de fornecedores. Nessa fase é que a empresa entende os resultados alcançados, entrega feedbacks aos parceiros e estrutura intervenções para solucionar problemas e aproveitar melhor as oportunidades.

É importante dizer que isso não seria possível sem o uso de dados. Ou seja, não há como identificar, demonstrar e medir os resultados sem informações precisas sobre os processos. Daí a importância de utilizar softwares de gestão, relatórios e indicadores de desempenho para definir, por exemplo, o lead time em suprimentos.

Quais são os benefícios da gestão de fornecedores?

Sempre que falamos em gestão de fornecedores dentro da cadeia de suprimentos precisamos ter em mente que o grande objetivo é desenvolver relações mais saudáveis e fortes com os seus parceiros de negócio.

Porém, essa atividade é tão importante que desencadeia uma série de benefícios que contribuem para o bom funcionamento da indústria. Saiba mais!

Redução de custos

Um dos grandes pontos positivos da gestão de fornecedores é a redução de custos que ela gera. Isso acontece devido à melhoria dos processos internos, à melhor gestão dos estoques de itens indiretos e diretos e à seleção mais criteriosa dos parceiros.

Acesso a uma rede de fornecedores eficiente

Outro benefício importante é a estruturação de uma rede de fornecedores eficiente e adequada às necessidades da empresa. Desse modo, a linha de produção consegue se manter sempre ativa e em sua máxima performance.

Diminuição dos prazos de produção

Com uma cadeia de suprimentos mais alinhada, a indústria consegue reduzir seu prazo de produção. Afinal, todos os suprimentos e produtos estão disponíveis nas quantidades ideais e no tempo certo.

Conquista de um diferencial competitivo

Por fim, como consequência de tudo isso, a indústria consegue desenvolver seu diferencial competitivo no mercado e se destacar perante a concorrência. Sem dúvidas, o bom relacionamento com fornecedores, a redução dos atrasos nas entregas e a garantia da qualidade dos produtos são pontos valorizados pelos clientes.

Agora, você já sabe implementar a gestão de fornecedores na cadeia de suprimentos e entendeu como isso pode beneficiar seu negócio. Como vimos, uma parceria de sucesso não se encerra com o contrato de compras, existem inúmeros processos que garantem um bom resultado para todos os envolvidos.

Aliás, que tal aprender a melhorar o seu processo de compras? Descubra o que é o lead time em suprimentos e saiba como calculá-lo!

Gostou? Compartilhe nas redes sociais!